sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Mito e Verdade

Ao pensar sobre a razão e mito penso que razão não necessariamente esta ligada a verdade e o mito a uma mentira. Nesse sentido o mito aqui não é entendido como uma lenda, mas como uma simbologia que explica e ordena o mundo. Não é a explicação científica dos acontecimentos, é a explicação ordenadora das coisas que acontecem. O mito tras sentido, pois esta dentro dele uma linguagem de símbolos que reconhecemos"... eles contam como o mundo foi modificado, enriquecido, ou empobrecido." ELIADE, Mircea. (1972), Mito e realidade. Tradução de Pola Civelli. São Paulo, Perspectiva,p. 25.
Edgar Morin diz que quando o homem entra na história entra também a desordem, ele precisa então utilizar-se de uma linguagem que traga sentido ao caos e ordene onde não há ordem. Quando consideramos o pensar racional podemos esquecer que muitas explicações que dizemos ser racional não passa de uma "explicação ordenadora"...
acho que continuarei a pensar sobre isso!

Valeu amor...

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

A razão como ídolo

Depois do período da razão o homem tem perdido muito a capacidade de olhar a realidade de outras formas. A razão não é a única ferramenta do homem no qual ele pode garantir a veracidade do conhecimento. Mas, o interessante é que hoje a razão se tornou um ídolo moderno, ela faz com que as pessoas considerem que a priori o que não vier pela via da razão esta fadado a invencionice e a mitologização, desconsideram a poderosa linguagem da mítica como forma de explicar ou entender a realidade e, principalmente, a ação do Espírito que revela. A revelação ficou tão presa ao poder estatal da igreja que perdeu o sentido esperar por meio dela o entendimento do Espírito do evangelho. Mas o Espírito é vida e verdade, Ele nos leva a caminhar num mar de paz, essa paz não é a inexistência de questões e nem tão pouco a desconsideração das questões pertinentes a vida humana, pelo contrario, é paz em meio das intepéries, é o caminhar no meio do "vale da sombra da morte" guiados pela mão protetora. Antes de mais nada, hoje em dia é mais conveniente ser racionalista, pois eu posso pensar o que quiser e ninguém pode questionar. Deixe-se levar pelo Espírito e descobrirás que o conhecimento é sim um lugar de confronto. A realidade se faz no escutar a pluraridade.