domingo, 13 de abril de 2008

Coisas Que Não Entendo

Não entendo coisas maravilhosas de Deus que são transformadas em simples discurso.


A graça de Deus transformada em vida sem compromisso com a verdade da Palavra;


O culto a Deus organizado para a satisfação das emoções egoístas do homem;


A dádiva da oferta e do dízimo usada como barganha no atual evangelho mercantilista;


Outras coisas que não entendo... por que sofremos com nossas escolhas se de fato somos avisados de que aquilo que plantamos nós colhemos?


Não entendo como um Deus tão perfeito, grande, que enche toda a terra, que sabe todas as coisas...Conhece a profundeza da matéria, a partícula mais ínfima, os cantos mais escuros da alma, se interesse e morra por um ser criado, uma das várias de sua criação. Porque Ele quis depositar seu amor em nós. Isso sim não entendo. Mas creio, creio nesse amor e não creio só no momento de maravilhosa comunhão com Ele, tenho conseguido compreender esse amor nos momentos mais doídos de minha existência tão curta. Sou como erva e a essa erva Ele tem cuidado com carinho.

Nenhum comentário: