terça-feira, 4 de dezembro de 2007

Cheios do Espírito

Há uma cultura evangélica que construiu um perspectiva equivocada do que seria ser cheios do Espírito, como a difusão do evengelho no Brasil se deu através de grupos pentecostais, que permitiram a entrada de elementos culturais brasileiros de poder, há uma necessidade da busca do mesmo. Ter "poder" significa trilhar os caminhos da hierarquia eclesiástica. E há uma áurea de "espiritualidade" nisso, pois geralmente essas pessoas são reconhecidas pelos dons e manifestações, suas experiências e conquistas em "nome de Deus".

Líderes constroem discípulos e liderado parecidos com o seu modelo, dessa forma a maoiria daqueles que entram na igreja acreditam estar cheios do Espírito quando coisas extraordinária acontecem nas suas vidas.

E de fato essas coisas acontecem sim, na minha vida coisas maravilhosas acontecem, mas não é isso o maior sinal, ou o principal sinal da Plenitude do Espírito em mim.

O Espírito é Santo, portanto a maior característica de ser cheio do Espírito é a santidade simples, a obediência humilde, o caminhar da fé na direção que Deus nos dá.

"Enchei-vos do Espírito!!"

Nenhum comentário: